Início > Tips & Tricks > Congelar manteiga de forma correta
print

Congelar manteiga de forma correta

Comprou manteiga e agora tem de a armazenar? Ou sobrou um bocado no frigorífico? Não há problema, a manteiga pode ser perfeitamente congelada.

Usamos manteiga para muitos pratos. É ideal para usar no forno, para fritar ou para barrar o pão. E o melhor de tudo é que a manteiga pode ser perfeitamente congelada. Quer sejam pequenas porções ou uma barra inteira. No nosso conselho, explicamos-lhe como se pode congelar a manteiga e como se pode prolongar facilmente a sua vida útil.

11. Fevereiro 2021, 17:05 Uh

O que precisa para congelar manteiga:

LISTA DE ELEMENTOS

Congelar manteiga – passo a passo:

1. Porção de manteiga

A manteiga pode ser facilmente congelada, quer seja uma barra inteira ou meia porção com a embalagem original, e inclusive em pequenas porções. Normalmente, são recomendadas porções de 125 gramas, principalmente se for usada para fazer bolos ou bolachas.

2. Congelar a manteiga 

Coloque a manteiga num Saco de congelação hermético Ultra-Zip® da Albal®, conservando a sua embalagem exterior. Tire o ar do saco e feche-o hermeticamente. A manteiga está pronta a congelar.

3. Vida útil da manteiga no congelador

A manteiga pode ser conservada durante nove meses no congelador. E para nos certificarmos de que não nos esquecemos dela, a aplicação Foodsaver da Albal® lembrar-nos-á até que data a podemos consumir.

4. Consumir manteiga congelada

A manteiga deve ser descongelada antes de ser consumida. Para tal, coloque a barra de manteiga num prato e descongele-a no frigorífico ou à temperatura ambiente. Depois de a descongelar, poderá usá-la tanto para o forno, como para fritar ou diretamente para barrar.

 

Dica Albal®: Manteiga no saco de congelação hermético Ultra-Zip ® da Albal®.

Produtos sugeridos

Isto também lhe poderá interessar

Conservar ameixas frescas: com apenas alguns passos, terás sempre ameixas prontas a usar no congelador.

Subtitle: O espinafre é saudável e ainda por cima delicioso, podendo ser usado como acompanhamento, em saladas ou em smoothies. Com alguns truques e dicas podes conservá-lo da forma ideal e tê-lo fresco durante mais tempo.

Assim, nunca mais terá de deitar fora fruta demasiado madura e restos de fruta!