Início > Tips & Tricks > Congelar e descongelar corretamente fermento de padeiro fresco
print

Congelar e descongelar corretamente fermento de padeiro fresco

Sobrou-te fermento de padeiro fresco? Não há problema: podes simplesmente congelar o fermento e descongelá-lo quando precisares dele. Nós mostramos-te como o fazer.

Queres congelar fermento de padeiro fresco? Sim, é possível! Aqui encontras as melhores dicas para a congelação de fermento e o que deves ter em atenção durante a descongelação. Bolos de canela, folar ou pão caseiro: com fermento podes criar estas e muitas outras confeções maravilhosas. Os padeiros experientes concordam que: o fermento de padeiro fresco é mais indicado para vários tipos de massa do que o seu equivalente seco. Mas, muitas vezes, não precisamos de um bloco inteiro de fermento para a receita. Mas não há problema, porque basta congelá-lo com os sacos de congelação herméticos Ultra-Zip da Albal® e descongelá-lo novamente. As valiosas características do fermento são preservadas a baixas temperaturas no congelador, se tivermos algumas coisas em atenção. Mostramos-te dicas e truques importantes para a congelação de fermento.

30. Março 2022, 00:00 Uh

Congelar fermento: Funciona assim

Quando congelamos fermento, é extremamente importante utilizar uma embalagem adequada. Porque a eficácia do fermento só é preservada, se o fermento for embalado hermeticamente. Por isso, o melhor é utilizares os sacos de congelação herméticos Ultra-Zip® da Albal®. Com eles podes congelar o fermento muito facilmente. Vê como fazer:

  1. Recomendamos dividir o fermento em pequenas porções para que seja mais prático utilizá-lo mais tarde. Corta o teu fermento em pedaços com o tamanho que quiseres.
  2. Agora coloca os pedaços de fermento num saco de congelação hermético UltraZip®. Deixa algum espaço entre eles para que não fiquem colados uns aos outros. O nosso saco de congelação hermético Ultra-Zip® de 1 litro é perfeito, porque tem espaço suficiente.
  3. Em seguida, remove o ar do saco cuidadosamente, sela-o e coloca-o no congelador. E pronto!

Dica: Usa a nossa aplicação Foodsaver® para teres noção de quando congelaste o fermento e quando o deves descongelar e usar. Graças ao prático código de frescura, podes reduzir o desperdício alimentar com poucos cliques e a aplicação envia-te um lembrete automaticamente quando tiveres que usar os alimentos congelados.

Congelar cubos de fermento no saco de congelação hermético Ultra-Zip®

Descongelar o fermento: Deves ter o seguinte em atenção

Graças ao fecho integrado UltraZip® e ao prático fecho de abertura, os sacos de congelação herméticos Ultra-Zip® são fáceis de abrir e voltar a fechar.  Assim, podes remover porções de fermento congelado a qualquer momento.

Ao descongelar, o fermento pode perder a sua consistência e ficar líquido. Mas não te preocupes: isto não afeta a sua capacidade de dar à massa a leveza necessária e a fazer subir. O melhor é colocares o pedaço de fermento que queres descongelar num recipiente pequeno, como uma chávena ou taça pequena, e deixá-lo no frigorífico durante a noite. Apeteceu-te fazer um bolo de repente? Também não há problema: se estiveres com pressa, podes retirar o fermento do congelador e adicioná-lo ao líquido quente da tua massa imediatamente e começar logo preparar tudo.

Quanto tempo é que o fermento se conserva congelado?

Se o fermento de padeiro fresco tiver sido embalado hermeticamente, conserva-se congelado até seis meses sem perder qualidade. No entanto, se o fermento for conservado no congelador durante mais tempo, pode perder a sua eficácia. O teu fermento está no congelador há mais de seis meses ou queres jogar pelo seguro e garantir que podes fazer uma massa lêveda perfeita com ele? Com um teste simples podes descobrir se o teu fermento ainda funciona bem. Para isso, enche um copo com água morna, dissolve uma colher de chá de açúcar e adiciona um pedaço pequeno de fermento. Se o fermento flutuar após dois a três minutos, ainda está fresco. Se permanecer no fundo do copo, não o deves utilizar.

Encontras mais ideias inteligentes para armazenar a tua comida, receitas deliciosas para aproveitamento de sobras, assim como dicas para reduzir o desperdício alimentar aqui

Produtos sugeridos

Isto também lhe poderá interessar

O que é que nunca pode faltar num churrasco?

A curgete é muito versátil e fica deliciosa recheada, em creme, salteada ou cortada em espiral como esparguete. Se comprou demasiada curgete, congele-a antes que se estrague!

Aprenda a fazer moldes de cupcake com papel vegetal Albal®