Início > Tips & Tricks > Congelar carne picada de forma correta
print

Congelar carne picada de forma correta

A carne picada também pode ser congelada, sendo assim conservada durante mais tempo. O nosso conselho diz-lhe como o fazer corretamente e quanto tempo pode conservá-la no congelador.

Esparguete à bolonhesa, almôndegas, pastel de carne, pratos fritos ou guisados... para muitos de nós, a carne picada é parte da nossa rotina diária na cozinha. Por isso, contar com algumas quantidades de carne picada no nosso congelador é sempre uma boa opção. No entanto, há um ou dois aspetos que deve ter em conta ao congelá-la para que não se estrague.

11. Fevereiro 2021, 15:10 Uh

LISTA DE ELEMENTOS

Saco de congelação hermético Ultra-Zip® da Albal®

Um rolo

e, evidentemente, a carne picada

Congelar carne picada - passo a passo

1. Não se esqueça de prestar atenção à cadeia de frio

A carne picada deve ser sempre transportada e armazenada num local fresco. Deve-se prestar especial atenção a este aspeto se a carne picada não for para consumo imediato, mas sim para congelar. A carne picada deve ser congelada o mais fresca possível, ou seja, logo a seguir à sua compra.

2. A porção de carne picada

As porções de 250 g são ideais para congelação e correspondem a muitas receitas deliciosas. Se tiver em mente uma receita especial, congele a sua porção segundo a quantidade necessária. Nesse sentido, sempre que ponderarmos a congelação da carne, devemos pensar no uso que lhe vamos dar depois, reduzindo o tempo de descongelação para não desperdiçar comida.

3. Esmague a carne picada

Coloque a carne picada num Saco de congelação hermético Ultra-Zip® da Albal®

e achate-a, ou seja, molde-a numa porção plana. Para o fazer, achate o saco com um rolo ou pressione o saco com as mãos. Desta forma, a carne congelará e descongelará mais rápido. Tenha em conta que é necessário tirar sempre o ar do saco e fechá-lo hermeticamente.

4. A vida útil da carne picada no congelador

A carne picada congelada, quer seja magra ou gorda, pode ser conservada até 30 dias. Depois de a descongelar, deve-se cozinhá-la durante algum tempo. Para a descongelar, coloque-a no frigorífico, o que irá demorar mais tempo, mas é mais seguro. Se se formar água de descongelação durante este processo, deite-a fora. Neste caso, não é recomendado descongelar a carne picada à temperatura ambiente ou com água quente.

Para nos certificarmos de que a carne picada não fica esquecida no congelador, a aplicação Foodsaver da Albal® lembrar-nos-á até que data a podemos consumir.

 

Dica Albal®: Congelar carne picada num saco de congelação hermético Ultra-Zip da Albal®.

Produtos sugeridos

Isto também lhe poderá interessar

A curgete é muito versátil e fica deliciosa recheada, em creme, salteada ou cortada em espiral como esparguete. Se comprou demasiada curgete, congele-a antes que se estrague!

Assim, nunca mais terá de deitar fora fruta demasiado madura e restos de fruta!

Com estas três dicas para restos de leite ou leite prestes a passar da validade nenhuma gota deste precioso líquido irá parar ao esgoto!